Busca de mensagens de aniversário por: 30 anos de casamento

Encontradas 633 mensagens de feliz aniversário para 30 anos de casamento:

Uma idade que é marcada por tantas mudanças tem mesmo que ser comemorada com a devida importância. Não é mais menina, mas ainda falta um pouquinho pra virar mulher. São novas descobertas, novos sentimentos, diminuem-se as brincadeiras e aumentam as responsabilidades.

Que a partir de agora tenha discernimento para encontrar sempre o melhor caminho, mas se ainda assim errar aqui ou ali, tenha a capacidade de tomá-los como aprendizado. Aproveite ao máximo o que a vida lhe der, pois ainda não podemos voltar no tempo, e o futuro depende mesmo é do presente.

Que esse dia fique marcado como um dos melhores da sua vida e possa sempre ser lembrado com saudade, mas acima de tudo com felicidade!

Feliz Aniversário!

Ser um jovem com 60 anos pode é muito mais desafiador e pode ter muito mais aventura do que ser um jovem com 20.

Ser um jovem com 60 anos também pode ser muito mais divertido do que ser um jovem com 90 (mas você vai chegar lá!).

Ser um jovem com 60 anos é muito mais esperançoso do que ser um jovem com 40 anos. Porque se ao 60 você ainda se sente jovem, pode ter certeza que ainda vai se sentir bem por muito tempo.

Ser jovem com 60 anos é mais fácil do que ser jovem com 20. Aos 60, você já tem a sua vida construída, os seus filhos criados, já sabe que sofrer por amor não mata, já aprendeu a amar com calma, a comer melhor, e pode dormir mais tempo, apesar de já não querer dormir tanto como queria quando era um jovem de 20.

Aos 60 anos, você tem muito mais a agradecer do que a pedir, por isso ser jovem aos 60 é muito melhor e mais divertido!

Por isso, neste aniversário de 60 anos, comemore a sua melhor idade, comemore muito a sua segunda juventude!

Hoje, eu lie desejo muitos e muitos anos de vida mais e muitas aventuras! Um brinde muito especial a você. Parabéns!

Parabéns por esse dia tão especial!

Minha filha,
Nesta data tão querida
Seja tua vida de aventura e paz
Minha filha,
Completando quinze anos
Desenganos não sintas, jamais
E os brinquedos
Que hoje ficam pra trás
Pobres desprezados
Que deixaste ao léu
Desejarão que Deus te dê ainda
Uma boneca linda
Que virá do céu

(Valsa dos Quinze Anos - Carlos Galhardo)

Para a minha amada pelos maravilhosos 25 anos do meu lado!

Vês, querida, o horizonte ardendo em chamas?
Além desses outeiros
Vai descambando o sol, e à terra envia
Os raios derradeiros;
A tarde, como noiva que enrubesce,
Traz no rosto um véu mole e transparente;
No fundo azul a estrela do poente
Já tímida aparece.

Como um bafo suavíssimo da noite,
Vem sussurrando o vento
As árvores agita e imprime às folhas
O beijo sonolento.
A flor ajeita o cálix: cedo espera
O orvalho, e entanto exala o doce aroma;
Do leito do oriente a noite assoma
Como uma sombra austera.

Vem tu, agora, ó filha de meus sonhos,
Vem, minha flor querida;
Vem contemplar o céu, página santa
Que amor a ler convida;
Da tua solidão rompe as cadeias;
Desce do teu sombrio e mudo asilo;
Encontrarás aqui o amor tranqüilo...
Que esperas? que receias?

Olha o templo de Deus, pomposo e grande;
Lá do horizonte oposto
A lua, como lâmpada, já surge
A alumiar teu rosto;
Os círios vão arder no altar sagrado,
Estrelinhas do céu que um anjo acende;
Olha como de bálsamos rescende
A c’roa do noivado.

Irão buscar-te em meio do caminho
As minhas esperanças;
E voltarão contigo, entrelaçadas
Nas tuas longas tranças;
No entanto eu preparei teu leito às* sombra
Do limoeiro em flor; colhi contente
Folhas com que alastrei o solo ardente
De verde e mole alfombra.

Pelas ondas do tempo arrebatados,
Até à morte iremos,
Soltos ao longo do baixel da vida
Os esquecidos remos.
Calmos, entre o fragor da tempestade,
Gozaremos o bem que amor encerra;
Passaremos assim do sol da terra
Ao sol da eternidade.

(Machado de Assis)

Parabéns a nós pelos 25 anos de alegria e amor! Te amo cada vez mais!

Já és minha. Repousa com teu sono no meu sono.
Amor, dor, trabalhos, devem dormir agora.
Gira a noite em suas rodas invisíveis
e ao meu lado és pura como o âmbar adormecido.

Nenhuma outra, amor, dormirá com meus sonhos.
Irás, iremos juntos pelas águas do tempo.
Nenhuma outra viajará pela sombra comigo,
apenas tu, sempre-viva, sempre sol, sempre lua.

Já tuas mãos abriram os punhos delicados
e deixaram cair suaves signos sem rumo,
teus olhos fecharam-se como duas asas cinzentas,

enquanto eu sigo a água que levas e me leva:
a noite, o mundo, o vento fiam o seu destino,
e sem ti já não sou senão apenas o teu sonho.

(Pablo Neruda)

Feliz aniversário, amor!

Se fosse de casamento, hoje o nosso aniversário seria simbolicamente representado pelo barro, mostrando que temos de ser maleáveis para que uma relação resulte e se conserve durante muitos anos.

Assim, somos nós, no meio de tantas dificuldades continuamos juntos e felizes.

Te amo!